Os desafios para ser um cirurgião-dentista qualificado e valorizado no Brasil



Ser um cirurgião dentista requer muita dedicação, resiliência e investimento. No Brasil, segundo o Conselho Federal de Odontologia, temos aproximadamente 330 mil dentistas. O número, que é volumoso em comparação a outros países – contamos com cerca de 20% de todos os profissionais de Odontologia do planeta –, esconde os percalços da profissão, que merece o devido reconhecimento. 

O primeiro passo da longa caminhada profissional de um dentista é a formação na universidade. O tempo mínimo de formação é de cinco anos. Para aqueles que seguem pelo ensino privado, o investimento financeiro gira em torno de R$ 120 mil a R$ 130 mil, além de cerca de R$ 30 mil a R$ 40 mil para aquisição dos materiais das aulas práticas.

Segundo o ortodontista Giovani Mello, vice-presidente do Instituto Odontológico das Américas (Rede IOA), a vasta maioria dos dentistas possuem ao menos uma especialidade, saindo do bacharelado para uma pós-graduação, mestrado e doutorado. A carga de estudo acaba sendo bastante grande e muitas vezes o cirurgião dentista fica até 11 anos investindo em educação formal. E não para por aí. “O dentista precisa saber que nunca vai parar de estudar”, afirma.

Ao sair da universidade, o recém-formado pode seguir por vários caminhos, como trabalhar em clínica, montar a sua própria, seguir carreira docente (com mestrado e doutorado), ingressar nas Forças Armadas ou no serviço público. Entretanto, para qualquer dessas áreas, a Educação Continuada é imprescindível.

O mercado exige do profissional de Odontologia a melhor formação e também outros conhecimentos que vão além do que a universidade lhe oferece, como a parte de gestão e administrativa. “Muitas vezes eles saem da faculdade sem saber como cobrar um paciente”, relata Giovani Mello. Conforme o ortodontista, os profissionais precisam de aproximadamente cinco anos para entender o funcionamento do mercado.  

O cirurgião dentista também precisa manter-se atualizado em termos de tecnologia. Com a modernização da profissão e a grande concorrência, ferramentas, aparelhos e técnicas novas aparecem com bastante frequência. De acordo com Giovanni Mello, “a cada quatro anos a Odontologia muda radicalmente”.

Acima de tudo, o cirurgião dentista carrega consigo uma imensa responsabilidade com o seu público. Os trabalhos em clínica, por exemplo, são focados no operatório. Operar um órgão (dentes são órgãos, afinal) é uma atividade bastante sensível e que exige muito do profissional. Além disso, há também as operações extrabucais, que trabalham com a face, sorrisos, expressão facial e estética de modo geral. 

Como a Rede IOA pode contribuir nessa jornada?


Essa longa e contínua jornada de qualificação do cirurgião dentista é para oferecer o melhor atendimento possível ao público. Acredita-se que quanto mais aprimorado for o profissional, mais ele será reconhecido e valorizado por seus pacientes. O Instituto Odontológico das Américas (IOA) pode fazer parte dessa jornada de aprimoramento do dentista, pois é a maior rede de ensino especializado em Odontologia no Brasil, presente em Miami e diversas cidades brasileiras, entre elas São Paulo, Porto Alegre, Caxias do Sul, Balneário Camboriú, Passo Fundo, Campo Grande, Caldas da Rainha, Maceió, Recife, Palmas, Imperatriz, Brasília, Campina Grande, Curitiba e Chapecó.

A Rede IOA oferece uma série de cursos, incluindo aperfeiçoamentos, imersões e especializações, desde a parte clínica, como cirurgia oral, implantodontia e periodontia, até o campo de gestão, com a especialização em Odontologia Empresarial, a primeira ofertada no país. 

Nossa missão é justamente promover educação superior de excelência na formação de profissionais comprometidos, com valores éticos e competências destacadas para o mercado de trabalho cada vez mais globalizado e sustentável. Com foco na excelência profissional desse mercado competitivo e desafiador para os dentistas brasileiros, buscamos profissionais apaixonados, e que tenham a educação odontológica como seu propósito de vida. 

Acompanhamos as principais tendências mundiais, formamos nossas equipes para uma odontologia de alto impacto. Encaramos nossa posição de precursores com responsabilidade, prontos para ditar tendências e corrigir-nos quando necessário. O propósito é contribuir com o desenvolvimento contínuo da odontologia de forma ampla e democrática. 

Para atingir esse objetivo, valorizando a odontologia como o campo científico e social que é, somos persistentes na busca de novas tecnologias, processos e métodos, capazes de entregar conhecimento, com simplicidade e obtendo os melhores resultados.

Aqui no blog, você encontra uma série de conteúdos que também podem ajudar nesse percurso. Entre em contato com nossa equipe para saber mais.

Comentários