Rede IOA lança e-book sobre gestão de crise para enfrentamento do Covid-19

Livro digital elenca orientações às unidades da Rede sobre negociações com alunos e fornecedores, férias e trabalho remoto, fluxo de caixa e marketing



A pandemia da doença causada pelo novo Coronavírus (Covid-19) afeta há algumas semanas os serviços, uma vez que o isolamento social é uma das principais formas para evitar a proliferação da doença. Com isso, os negócios precisam lidar também com uma crise econômica sem precedentes. Para orientar suas unidades, o Instituto Odontológico das Américas - Rede IOA, maior rede de ensino em Odontologia do país, lançou um e-book com diretrizes para enfrentar o momento atual.

“Desenvolvemos um guia de orientação para os nossos parceiros com algumas medidas que  planejamos para enfrentarmos juntos essa situação. Esse guia é composto por algumas sugestões de atividades com diversas ações que envolvem nossos parceiros para negociarmos contratos e pagamentos, bem como, relacionamento das obrigações entre os parceiros e a Rede IOA. Dispomos também de um canal exclusivo para esse período, onde podem ser esclarecidas dúvidas, perguntas e sugestões”, explica o CEO da Rede, empresário e dentista Mohamad Abou Wadi.

Um dos principais capítulos do e-book diz respeito às negociações com alunos das unidades. Todas as unidades deverão oferecer o módulo EAD aos alunos, como é indicado pelo Ministério da Educação (MEC) em portaria exclusiva. Os gestores ainda devem entrar em contato com os professores responsáveis e criar agenda com cerca de 8 horas/aula on-line. Além disso, poderá ser ofertado um módulo presencial a mais até o fim do curso, gratuitamente, para que os alunos não se sintam prejudicados. 

A Rede Ioa está a favor da campanha que sensibiliza as pessoas a ficarem em casa. Por isso, orienta os gestores das unidades a disponibilizarem conteúdos exclusivos e adequarem estratégias de marketing. O trabalho poderá ser alterado do regime presencial para teletrabalho, uma vez que o empregado é avisado com no mínimo 48 horas de antecedência e tenha suporte para realizar as atividades. Estagiários e aprendizes também poderão trabalhar à distância.

Se as unidades IOA receberem determinações do Poder Público local para fechamento do comércio, clínicas de saúde e odontológicas, assim deve ser feito. Entre em contato com o locador do imóvel, explique a questão da pandemia e tente a isenção no valor do aluguel referente aos meses de abril e maio. Em último caso, tente um abatimento ou parcelamento do valor do aluguel para os meses seguintes.

Entre outros temas abordados no e-book, estão questões relacionadas a impostos e contribuições; linhas de créditos oferecidas pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES); e negociação com fornecedores de materiais, solicitando a prorrogação da parcela com o responsável. Para o último caso, não sendo possível, os gestores devem tentar renegociar o valor das parcelas mensais aumentando o prazo do parcelamento, como forma de diminuir o prejuízo no fluxo de caixa das unidades por 90 dias.

Comentários