As 3 áreas promissoras da odontologia para se especializar




O Brasil é o país que mais tem dentistas no mundo. Aqui, estão concentrados 19% dos profissionais da área, de acordo com o Conselho Federal de Odontologia (CFO). Ainda assim, há segmentos pouco explorados e setores em plena expansão devido à demanda dos pacientes. Pensando nisso, nós reunimos abaixo as 3 áreas promissoras da odontologia para se especializar. Confira!
  

Odontologia Estética

A busca por procedimentos odontológicos estéticos aumentou 300% desde 2015, segundo a Sociedade Brasileira de Odontologia e Estética (SBOE). Os procedimentos mais procurados são clareamento, facetas de porcelana e lentes de contato, implantes e gengivoplastia.

Melhorar a estética - sem necessariamente ter um problema funcional - ajudar a melhorar a autoestima e a vida profissional de uma pessoa. Só para se ter uma ideia, uma pesquisa realizada pela Faculdade Estadual do Sudoeste da Bahia e publicada no American Journal of Orthodontics & Dentofacial Orthopedics revelou que 67% dos empregadores consideram que dentes bonitos fazem toda a diferença na hora da contratação.

No IOA, todos os principais tratamentos procurados, citados acima, são oferecidos a nível de especialização, imersão e aperfeiçoamento. Para conferir disponibilidade, consulte o nosso portfólio.
  

Odontologia Digital

Vivemos na era digital - e nada é mais natural do que nos aproveitarmos disso para simplificar a rotina de trabalho e alcançar melhores resultados. Atualmente, com softwares avançados, é possível não apenas facilitar o trabalho de dentistas e protéticos, mas também eliminar o desconforto dos pacientes e as diversas visitas ao consultório durante o tratamento - características frequentes dos métodos convencionais.

Duas inovações que merecem destaque aqui são as impressoras e os scanners 3D. Com eles, é possível fazer a impressão de próteses, lentes de contato dentárias, restaurações, facetas de porcelana e coroas.

Com tamanha importância no cenário atual, o IOA disponibiliza o curso de especialização em odontologia digital. A grade versa sobre os softwares mais atuais para utilização, a confecção do projeto virtual, técnicas de design, os investimentos e retornos da área e muito mais. Para conferir o planejamento completo e disponibilidade, clique aqui.

  
Harmonização Orofacial

O equilíbrio e a harmonia facial estão intimamente associados a estruturas e características da cabeça e do pescoço, tais como a dinâmica muscular da cabeça e do pescoço, o volume e a posição dos ossos, a estrutura da derme, a posição e o volume de tecidos moles, a condição dos dentes e periodonto, entre outras.

Todas essas características não são estáticas, mas modificam-se ao longo da vida, afetadas intensamente pelo processo de envelhecimento. Portanto, o cirurgião-dentista deve estar preparado para prevenir e manter o equilíbrio estético-funcional da face, promovendo o equilíbrio estético-funcional tanto em pacientes que apresentam alguma disfunção ou desordem dessa natureza, quanto em pacientes que perderam essa harmonia em função do envelhecimento facial.

Isso acontece através da Harmonização Orofacial, uma área de atuação da odontologia que tem como objetivo restabelecer o equilíbrio estético-funcional da face por meio de procedimentos e técnicas realizados nesta região. Ela complementa especialidades odontológicas como dentística, ortodontia, implantodontia, prótese e cirurgia buco-maxilo-facial. Para saber mais sobre a especialização em Harmonização Orofacial do IOA, clique aqui.


Importante saber

Além de haver áreas promissoras da odontologia no sentido do conhecimento, saber se posicionar em situações executivas, usar a retórica, ter uma boa visão de negócios e desenvolver uma imagem pessoal eficiente são habilidades promissoras ao dentista em um mercado competitivo.

Nesse sentido, cursos para auxiliar no desenvolvimento dessas características já são oferecidos aos profissionais da odontologia. Para conhecer a imersão em gestão comportamental na odontologia pelo IOA, clique aqui.

Comentários